Perguntas Frequentes PDF Versão para impressão Enviar por E-mail


O que é o Transpessoal?

O conceito de Transpessoal tem as suas origens na Psicologia Transpessoal. Esta é um novo ramo da Psicologia, que surgiu como um desdobramento ou evolução da Psicologia Humanista cujo representante mais conhecido será, porventura, Abraham Maslow.


O que é a Psicologia Transpessoal?

A Psicologia Transpessoal foi oficializada em 1968 nos Estados Unidos da América, por Abraham Maslow, Victor Frankl, Stanislav Grof e James Fadiman. O enfoque era assim colocado no estudo da consciência e no reconhecimento dos significados das dimensões espirituais da psique, especialmente os caracterizados como experiências culminantes (peak experience): consciência cósmica unitiva, êxtase e plena consciência. Podemos definir Psicologia Transpessoal como o estudo e aplicação dos diferentes níveis de consciência em direcção à Unidade Fundamental do Ser.


O que é o movimento Transpessoal?

"O movimento transpessoal resultou de um encontro havido no final da década de sessenta entre Abraham Maslow, Victor Frankel, Stanislav Grof, Antony Sutich e Jim Fadiman.

Com o tempo se percebeu que a abertura transpessoal leva a uma visão global e integrativa de todas as disciplinas do conhecimento. O espírito holístico que actualmente domina o movimento transpessoal permite que físicos, médicos, psicólogos, mestres de ioga, líderes de escolas místicas, troquem suas experiências e aprendam uns com os outros. Essa aproximação tornou-se holística também pela percepção do perigo que pode representar um ingresso no domínio do transpessoal fora da realidade objetiva; trata-se de realizar o transpessoal vivendo-o no mundo relativo do pessoal, integrando a dualidade pessoal/transpessoal.
A abertura transpessoal nos leva a um espaço sem fronteiras, e à via de acesso de uma abordagem holística da realidade, que podemos definir como sendo um enfoque global, interdisciplinar, em que tudo é considerado: os métodos experimentais e experienciais, racionais e intuitivos, descritivos e especulativos. Essa abordagem considera os estados de consciência para o conhecimento evoluir e o grau de evolução ou involução do homem. Ela busca a compreensão, pelo homem, da continuidade do ser na existência como sendo a experiência dos seres, culminando ele mesmo como ser humano. Eis finalmente o reencontro do Ocidente com o Oriente."

Em Pierre Weil - "A Morte da Morte - Uma Abordagem Transpessoal". Editora Gente, 1995.

O Dr. Pierre Weil é Doutor em Psicologia pela Universidade de Paris, presidente da Fundação Cidade da Paz e reitor da Universidade Holística Internacional de Brasília (UNIPAZ). O Dr. Pierre Weil trabalha para a UNESCO como consultor da área de educação voltada para a paz e é autor de mais de trinta livros sobre o tema transpessoal.

> Se tiver mais alguma pergunta contacte-nos para: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 
Home Perguntas Frequentes